TekPixMe

Você já viu uma TekPix? E um orçamento TekPix? Deixa que eu explico.

Entende-se por orçamento aquele documento de trabalho em que você oficializa quando e quanto vai ganhar. E não estamos falando aqui do palco do Se Ela Dança Eu Danço. Lá é ficção, um programa de TV onde os jurados dão notas. Se num orçamento da vida real você deixar o cliente decidir quantas notas você merece receber, aí você dança. E para ser justo e merecer de fato todas as notas de cem que você quer ganhar, nada mais seguro do que ter em mãos um orçamento bem feito, especificado e honesto.

Entende-se por orçamento honesto aquele em que você não arranca do cliente o atraso de meses sem freela, e nem aquele em que você dá sua alma e seu talento por uma merreca, justamente porque está há meses sem freela. Lembre-se sempre do Mandamento do Freela Número 6.

Vamos falar de coisa boa? Falemos então do orçamento TekPix, que antecede a criatura. O Orçamento TekPix é basicamente aquele em que o cliente paga por um serviço e quer levar oito. E não é só isso. Se você fechar com cliente agora ele ainda promete inteiramente grátis outros jobs ainda melhores do que esse! Isso não é incrível? E não é só isso. Se você fechar agora, ainda leva de graça um DVD com todos os arquivos de texto e fotos do job. Isso não é demais? Um DVD exclusivo com todas as fotos dos produtos do cliente inteiramente grátis, mesmo antes de você fechar o negócio? E não é só isso. Se você disser sim para o job agora, o seu orçamento aprovado de 4 mil reais cai para 2 mil reais. Melhor ainda! Muito melhor ainda! O seu orçamento que era 4 e virou 2 mil reais, cai neste exato momento para 10 parcelinhas de 89,90. Mas tem que ligar lá e fechar agora. Que oportunidade, hein?

E é para evitar esse momento merchan de TV, que serve um bom e digno orçamento. Eu coloco cada item do que eu vou fazer. Numeradinho, com etapas datadas. Muitas vezes fico com medo de parecer antipática, mas o certo é que para o bom cliente isso não importa. É até bom. Para o bom cliente o importante é ter o trabalho que ele orçou entregue no prazo que você prometeu. Um bom trabalho, bem feito, revisado (trezentas vezes), bem apresentado, fofo e digno de bis. E nunca esqueça de pedir a via do seu orçamento assinada pelo cliente quando o trabalho for aprovado, e nem de colocar data de validade. Afinal, tudo que você não precisa é explicar para um maluco que o valor passado em dezembro de 2009 não é o mesmo de setembro de 2011.

– Puxa, mas subiu tanto?

– Ahãm! O senhor não viu o preço do Patinho?

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s